Pegadas N'areia

Abril 18 2008

Apeteceu me escrever-te... para mim é sempre mais facil escrever-te, não ter de te olhar nos olhos, aqui as palavras parecem simplemente deslizar enquanto escrevo, não preciso de me “enrolar” toda enquanto falo...

Sabes, a tua imagem não consegue sair da minha cabeça, o teu cheiro confunde-se com todos os outros, cada pessoa que por mim passa faz-me lembrar de ti, ou pelo tom da pele, ou pelas formas do rosto, ou pelo andar, ou pela forma como se veste, ou pelo modo como fala, tudo és tu, entendes?

Odeio quando isto me acontece, odeio estar sempre a pensar em ti, odeio acordar e adormecer contigo em pensamento, odeio perceber que não estás aqui, odeio sentir que nada vai ser como foi, odeio ter de desisitir!

Queria tanto que tudo fosse perfeito, que tudo acontecesse como no meu mundo encantado, que os finais felizes fossem uma realidade, que o teu toque não fosse mais uma memória, que o teu cheiro se pudesse para sempre confundir no meu, que não deixasses de acreditar, quero-te tanto...

Espero apenas... não sei se pelo tempo, se por ti ou pelo que espero, apenas sei que espero...

Gosto-te*

publicado por PegadasN'areia às 19:45

Oi Oi :)

Ainda bem que estás de volta ao mundo da blogosfera...já tinha saudades de te ler, amiga!

E regressaste bem...o texto é lindo! Espero que o destinatário o leia com os olhinhos bem abertos!

Escreve mais...não nos abandones tanto tempo!!

Beijoca Grande*
Sofia a 19 de Abril de 2008 às 19:18

mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


pesquisar
 
Pegadas por aí

Contador web
blogs SAPO