Pegadas N'areia

Dezembro 28 2009

 

Hoje quis esquecer-te, talvez seja só mais um dia, só mais um momento, mas se soubesses como me fez bem, dei comigo a sorrir por isso. Sabes, às vezes acredito mesmo que no dia em que isso acontecer, se isso alguma vez acontecer, apesar de querer muito, acho que seria tão mais feliz, acho que conseguiria olhar para ti e sorrir, agradecer-te por todos os nossos momentos tão nossos e tão bons e esquecer as coisas menos boas que causas em mim depois de sermos tão felizes... mas isso acabou, não há mais e por isso hoje fiquei feliz pelos segundos em que te quis esquecer.
É verdade, no segundo seguinte quis te de novo como te quero todos os dias e em todos os minutos de cada hora, em todas as horas de cada dia, em todos os dias de cada mês, em todos os meses de cada ano, sempre, sempre, como te gosto aqui e agora, mas houve um segundo em que não te quis, sabes o que isso quer dizer? Foi tão estranho, eu quero-te sempre e por um segundo...
Não fiques triste... eu continuo a gostar de ti, foi só por um segundo...
Gosto-te e hoje estou triste por isso, mas também não consigo mudar, talvez até para te esquecer precise estar contigo, precise olhar-te, precise falar contigo, precise gritar-te que gosto-te mais que tudo e dizer fim.
Gosto-te.
publicado por PegadasN'areia às 20:57

mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

15
17
18
19

21
22
24
26

30
31


pesquisar
 
Pegadas por aí

Contador web
blogs SAPO