Pegadas N'areia

Dezembro 29 2009

 

Porque temos de ser assim um com o outro? Tudo à nossa volta parece tão perfeito e nós temos de tocar sempre nessa realidade moldando-a de uma forma tão diferente ao nosso querer...como se isso pudesse fazer dos sentimentos que temos na palma da mão algo muito melhor, mas nem tu nem eu estamos a consegui-lo, esforço em vão penso eu e mudamos tudo, fingimos querer uma coisa quando na realidade queremos o oposto, fugimos quando queremos mais estar juntos, falamos quando queremos que o silêncio fale por nós, desviamos o olhar quando queremos estar todo um dia e a noite e outro dia a contemplarmo-nos, depois quando por um momento ou outro decidimos fazer frente aos nossos medos e receios voltamos a sentir o medo de não dar certo, de nos magoarmos e perdemos assim a oportunidade de sermos felizes como antes e volta tudo ao início.
Antes eramos tão felizes, ainda te lembras?
Era tudo tão perfeito, sorríamos tanto, não interessava o que as pessoas diziam ou pensavam, éramos nós e o mundo caía no esquecimento, dançávamos como se mais ninguém nos visse, tocávamo-nos como se não conhecessemos cada traço dos nossos corpos... cada beijo ficava preso às nossas recordações porque cada um era diferente e especial, cada conversa tenho-a presa ao livro das memórias e isso faz-me cada dia querer-te mais e mais.
Todos os dias volto a ler cada folha desse livro como se fosse a primeira vez e cada dia encontro um pormenor novo na nossa história, sabes, acho que é isso que a torna tão perfeita, tão diferente de todas as outras, porque nós temos esse saber, porque nós sabemos fazer o mundo sorrir com a nossa felicidade, só porque estamos juntos, porque nós... gostamo-nos com tanta força que as palavras não chegam para descrever toda essa força!
Mas agora não percebo, não entendo mesmo a nossa história, deixei de perceber porque sou assim, deixer de entender porque tu és assim e porque tudo perdeu o sentido, acho mesmo que a ausência de sentido é o único sentido da nossa história.
Quero ficar agora uns dias sem te escrever, quero afastar-me de nós, não sei se me vai fazer bem, mas sinto essa necessidade, queria ganhar coragem e dizer-te simplesmente o que sinto mas nunca ouso dizer-te, queria mudar tanta coisa e sinto-me cobarde por isso, por não fazer nada, às vezes também me sinto frágil, mas isso tu não irias entender e por isso não quero explicar-te aqui e agora,ficaria ainda mais exausta, mas sinto saudades tuas e isso leva-me à necessidade de afastamento, isso leva-me à ilusão de um dia te poder esquecer... olha gosto-te cada dia mais e quando penso que não posso gostar mais de ti, logo a seguir sinto que gosto ainda mais.
Desculpa ficar sem te escrever, mas é porque te gosto de mais e não quero gastar todas as palavras, quero guardá-las, vou dizê-las uma a uma quando voltarmos a ser felizes.
Despeço-me como sempre... um Gosto-te muito!
publicado por PegadasN'areia às 21:00

Dezembro 28 2009

 

Hoje quis esquecer-te, talvez seja só mais um dia, só mais um momento, mas se soubesses como me fez bem, dei comigo a sorrir por isso. Sabes, às vezes acredito mesmo que no dia em que isso acontecer, se isso alguma vez acontecer, apesar de querer muito, acho que seria tão mais feliz, acho que conseguiria olhar para ti e sorrir, agradecer-te por todos os nossos momentos tão nossos e tão bons e esquecer as coisas menos boas que causas em mim depois de sermos tão felizes... mas isso acabou, não há mais e por isso hoje fiquei feliz pelos segundos em que te quis esquecer.
É verdade, no segundo seguinte quis te de novo como te quero todos os dias e em todos os minutos de cada hora, em todas as horas de cada dia, em todos os dias de cada mês, em todos os meses de cada ano, sempre, sempre, como te gosto aqui e agora, mas houve um segundo em que não te quis, sabes o que isso quer dizer? Foi tão estranho, eu quero-te sempre e por um segundo...
Não fiques triste... eu continuo a gostar de ti, foi só por um segundo...
Gosto-te e hoje estou triste por isso, mas também não consigo mudar, talvez até para te esquecer precise estar contigo, precise olhar-te, precise falar contigo, precise gritar-te que gosto-te mais que tudo e dizer fim.
Gosto-te.
publicado por PegadasN'areia às 20:57

Dezembro 27 2009

A partir deste momento vamos poder saber quantas pegadas terá este blog :)

publicado por PegadasN'areia às 20:08

Dezembro 27 2009

 

Hoje não sei se te quero e são estes os momentos em que acredito que um dia não te vou lembrar mais, que um dia não te vou querer mais, acho que seria tão mais feliz se um dia isso fosse verdade. Acho que gostar de ti sempre me trouxe mais sofrimento que coisas boas, mas também não percebo como não consigo controlar esta minha vontade de gostar de ti, de querer estar contigo... porque não pode ser sempre como hoje?
Às vezes também penso que apesar de não querer estar contigo, na verdade quero, é apenas a forma que aprendi para me defender de tudo o que causas em mim e quando penso nisto acabo sempre a sentir uma vontade de querer estar contigo mais uma vez e outra e isso assusta-me.
Gostava de estar contigo e gosto, mas só quando podemos ser felizes, só quando a tristeza não tem de vir depois de termos sido tão felizes...
Agora apetece-me de novo estar contigo, poder tocar-te, agarrar-te, beijar-te e sermos tão felizes.
Hoje estavas tão bonito...Gosto-te.
publicado por PegadasN'areia às 18:49

Dezembro 25 2009

Gosto-te.

Não sei quantas vezes ao dia ou quais os dias da semana, mas sei que tu tornas os meus dias diferentes e por isso gosto-te.

Hoje foi um dia em que gostei de ti, não sei se mais ou menos que ontem, mas hoje não quis ver-te, estranha forma de gostar deves estar tu a pensar... é apenas a minha, mas sei que gosto-te muito!

Amanhã não sei se vou querer ver-te, mas sei que mesmo que não queira, vou continuar a gostar sempre muito de ti e a pensar em ti em cada segundo do tempo, que espero encontrar-te em cada lugar em que passo, porque tu tens um lugar que ninguém poderá nunca ter, porque gosto-te tanto, mas tanto...

Gosto-te.

 

publicado por PegadasN'areia às 21:50

Dezembro 23 2009

Esta noite sonhei contigo, lembrei-me agora!

Tenho tantas saudades tuas, talvez por isso pense em ti acordada e a dormir, quando me deito e quando me levanto.
Queria só que soubesses que gosto muito de ti e tenho muitas saudade tuas. Também queria que soubesses que vou ficar muito mais feliz quando te vir... Gosto-te!
 
publicado por PegadasN'areia às 21:03

Dezembro 20 2009

Um dia vou acordar ao teu lado todas as manhãs.

publicado por PegadasN'areia às 17:25

Dezembro 16 2009

Um dia ganho coragem e digo que te amo.

publicado por PegadasN'areia às 20:51

Dezembro 14 2009

Um dia ainda vamos ficar juntos.

publicado por PegadasN'areia às 21:33

Dezembro 13 2009

Sabes, hoje senti tantas, mas tantas saudades tuas.

Não tenho mais nada para te dizer, quis apenas que soubesses que nunca te esqueço.

Gosto-te.

publicado por PegadasN'areia às 20:39

mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

15
17
18
19

21
22
24
26

30
31


pesquisar
 
Pegadas por aí

Contador web
subscrever feeds
blogs SAPO